quinta-feira, 6 de março de 2008

"A escola é a minha vida"

A turma do 9º ano do ensino fundamental da manhã, na escola onde trabalho é uma turma agitada (pra não dizer bagunceira). Desde o ano passado, quando a maioria estava no 8º ano, tenho tido problemas com os alunos e alunas. Postei há um tempo aqui minha atitude extrema que tomei no ano passado com um aluno e uma aluna. No primeiro dia de aula desse ano, senti que ia ter dificuldades redobradas, por que os dois 8º ano se fundiram num só.

Tenho sempre nas aulas feito uma reflexão com eles sobre a função da escola, sua importância... Segunda-feira, depois de chegar na turma e sentir aquele clima "pesado", agitado, passei uma redação pra próxima aula: o valor da escola para a minha vida. Eis o tema.

Hoje foi o dia de conferir quantos fizeram. Eles e elas deveriam ler a redação na sala. Poucos fizeram. Dos poucos que fizeram nem todos quiseram ler. Mas, achei interessante o que foi escrito.

Um dos alunos, membro da "elite agitada" na classe, disse algo que depois fiz um comentário: "A escola é tudo na minha vida". Outra aluna disse: "A escola é a nossa segunda casa". Outras falaram da importância da escola pra seu futuro, pra conseguirem uma vida melhor...

O que ficou patente foi o valor que a escola tem na vida de cada aluno e cada aluna. Não obstante, nas atitudes isso ser negado, eles e elas sentem que a escola é importante pra suas vidas. Fiz uma reflexão sobre isso na sala de aula. O que está errado então? Se os estudantes sabem da relevância da escola, por que existe tanta indisciplina?

Certamente, a resposta deve ser buscada não no aluno em si, nem no professor "sem moral" para com a turma, mas no atrofiante sistema escolar.Todo mundo diz que sem educação não futuro melhor pra o Brasil. Mesmo assim, os governantes deixam a desejar os planos de educação. Muda governo, muda projeto educacional. E a escola não muda nada...

A sociedade precisa ver a escola como sua e, assim sendo, se preocupar com ela, participar da gestão, os pais devem se interessar pelo andamento da educação dos filhos, os professores devem ser mais comprometidos, com todos atuando juntos poderemos visualizar um futuro melhor; mesmo que o governo não ligue. Contudo, todos unidos terão forças pra cobrar dos governos municipal, estadual e federal uma melhor atenção para com a educação.

Acredito na educação!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá gostar também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...