quarta-feira, 21 de maio de 2008

De novo ela


A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.

A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo,
o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se,
o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo. Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno. Ele é a angústia do mundo que o reflete. Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção, as que são o patrimônio de todos, e, encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre.

Vinícius de Moraes

Volto a falar na solidão. Por quê? Estou só. Nada mais lógico.
Ela tem sido minha companheira mais leal. Nunca tem me deixado. Às vezes, estou com colegas e ainda assim continuo só. Estou na Igreja, em oração, e continuo só. Em casa com parentes, idem. E quando estou sozinho tenho relações com ela.

Ah!, solidão! Por que não me deixas?! O que tenho de especial? Por que só eu?

O texto de Vinícios de Moraes acima é bem parecido comigo. Não todo. Não me fechei do mundo. Não estou numa redoma em que me impossibilita ter/fazer amizades. Não deixo de ajudar a quem precisa se eu puder. Minha vida comunitária é boa, não me fecho da vida política, portanto.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se. Ai reside minha solidão. É o paraiso para ela. Tem tudo o que ela gosta. E é por isso que ela nunca me larga.

Tenho medo de amar. Por isso, talvez, nunca namorei. Você é um gatinho, já me disseram. No entanto, a timidez me impede de amar e ser amado. O medo de ser rejeitado. O medo de tomar a iniciativa. O medo de levar um fora. Tenho medo de ferir e de ser ferido.

Preciso me libertar desse medo. Se eu quiser, como quero, ter uma vida saudável tenho que lançar no lixo esse mal.

Precisa da Tua Ajuda Senhor!

Um comentário:

  1. bom, eu sei que não vai ajuda nada mais, desencana da timidez, e talvez um fora, pode fazer você acordar, sei lá, quem não arrisca, não petisca :)

    ResponderExcluir

Você poderá gostar também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...