sexta-feira, 4 de julho de 2008

Frio


Estou com frio. Consequência natural do período que vivo. Frio físico. Toda noite tem sido assim. Logo no entardecer sinto meu corpo resfria-se. Gosto disso. É bom pra ler. É melhor ainda pra ouvir aquela música dileta. (Re)pensar a existência, os hábitos, o cotidiano tão vulgar.

Além desse frio (quem me dera este fosse o único) sinto outro. Mas difícil de ser afastado. Não gosto nada disso. É o frio da alma. Consequência de um período seguido de várias desilusões. Não dá pra (re)pensar nada. A vontade que tenho é não ter vontade. É me esconder num local em que ninguém me conheça, me veja, me note.

Muitos sentem este último tipo de frio. Por quê?

Sei lá.

Queria entender!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá gostar também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...