domingo, 27 de julho de 2008

Preciso Fugir...


Fugir.
Pra onde?
Não sei!
Só sei que quero fugir.
Quero romper esses muros que estão a minha frente.
Mas eles não me protegem? Sim. Também.
Só que me sufocam muito mais do que me defendem, me roubam de mim, me fazem ser o que não sou.
Sou estrangeiro em meu próprio círculo social.
Sofro até, em alguns instantes, xenofobia.
Como é ruim ser assim.
Como é péssimo não ser compreendido.
Como é horrível não ser o que você é.
Como é desagradável você acreditar numa coisa e não poder falar porque vai ser punido simbolicamente por isso.
Quero fugir.
Pra onde?
Ainda não sei.
Só sei que aqui não posso ficar.
Vejo pessoas ao meu redor que se submetem a regras sociais que as sufocam, as transforma em outras, aparentam ser o que não são.
Muita gente é assim.
A maioria, eu digo.
Gente que não faz o que pode lhe fazer feliz porquê tem medo de quebrar a falsa segurança que os muros lhe dá.
Me cansei de ouvir confissões assim.
Ser o que é tem um preço a ser pago.
Muitos morrerram.
Outros foram exilados.
Presos...
Por que é tão difícil aceitar o outro como ele é?
Ás vezes, é mais difícil ainda a gente se aceitar como a gente é.
Quero fugir.
Pra onde?
Tô descobrindo.
Tô me descobrindo.
Aqui não dá pra ficar.
Assim não posso ficar.
Vem comigo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá gostar também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...