terça-feira, 6 de outubro de 2009

Sobre a alma e Deus


Domingo, 04, pela manhã, o grupo de catequista de minha paróquia se reuniu. É praxe todo o primeiro domingo de cada mês esse encontro de formação, reflexão e amizade no grupo.
No último encontro o texto meditativo foi “A paz do coração” extraído da revista “Mundo e Missão” de Maio de 2006. Uma leitura não muito longa, bastante agradável e interessante.
De acordo com o texto o primeiro segredo para se conquistar a paz de coração é acreditar que todo o bem que se possa fazer vem de Deus.
Em outro ponto, um trecho chamou a minha atenção e a do grupo que fiz parte para discuti-lo:
“Imaginemos a superfície de um lago sobre a qual brilhe o sol – estando calma, o sol se reflete quase perfeitamente. Assim, nossa alma, estando serena, Deus se reflete nela, sua imagem se imprime em nós e sua graça age através de nós.”Essas palavras são lindas!
Ah, como anseio ter o reflexo divino em minha alma, em minha vida! É um desejo que todo crente (em Deus) almeja, independente de ser cristão, mulçumano, judeu, umbandista, espírita...
Mas, cometo muitos erros. Na minha jornada, aliás, na jornada de todo aquele (a) que procura se aproximar do sagrado, existem muitas dificuldades, angústias, decepções e, além disso, às vezes, a gente sai do caminho em busca de outros mais fáceis. Mesmo assim, Deus está sempre disposto a perdoar, consolar, levantar a todo (a) que cai. Como diz em outro trecho do artigo:
“A verdadeira batalha consiste em aprender a aceitar os tropeços, as derrotas, as quedas, sem perder a paz, sem desânimo, sem excessiva tristeza.”Ah, Senhor, ajuda-me a refletir a Tua Imagem, o Teu Espírito.
Ensina-me a viver com a alma serena, sem ódio, sem maldade, sem preconceitos.
Derrama a Tua graça infinita sobre mim!
Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá gostar também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...