sábado, 5 de abril de 2008

21 anos


Nossa!, já faz um tempão que atualizei meu blog.
Entre a última vez que postei e hoje minha vida mudou muito.
Não falo de um acontecimento que tenha alterado minha rotina, minha mediocridade, meu marasmo.
Refiro-me a minha idade.
Sexta-feira, da semana passada, dia 28, fiz 21 anos.
21 anos.
Parece que cresci sem me dá conta do tempo.
Até ontem eu corria pela ladeira da minha antiga rua. Brincava pelos becos, quintais, debaixo dos pés de manga, laranja, cajú. Levava topada direto. Meu dedo de vez em quando tinha um rombo. Cortava meu dedo descascando cana, coco ou laranja.
Apanhava de minha mãe pelas minhas "artes".
O tempo passou...
Hoje, tenho 21 anos.
Antes de completar, eu imaginava tanta coisa que podia ocorrer. Eu fiz planos de rupturas com a minha religião, mas não deu certo.
Pra mim, 21 anos, seria uma idade em que eu teria que mudar a minha vida por completo. Eu me imaginava como um rapaz adolescente que engravida a namorada e se ver com uma responsabilidade para a qual não estava preparado, ou seja, ele tem que mudar o comportamento, a mentalidade, o cotidiano, para essa nova realidade.
Mas, era só imaginação, nada de mais aconteceu. Continuo como se eu tivesse 20, 19, 18 anos...
Ainda moro com meu pais. Tão cedo vou morar só, porque o que ganho não dá pra nada.
Não me desliguei da Igreja. Vi que tinha me precipitado em pensamentos.
Tenhos os mesmo conflitos que tinha na idade anterior.
Na verdade, todo mundo sabe, que a passagem da idade não altera, ou se altera é pouca coisa, na vida da gente.
Todavia, eu criei expectativas enormes. Completar 21 anos seria como passar por um portal mágico e ir parar em outra terra, outro mundo, em um lugar inimaginável.
21 anos, pra mim seria um rito de passagem. Pra onde? Sei lá. Até porque desde o ano passado que tenho responsabilidades grandes, depois que comecei a lecionar.
Contudo, não porquê eu esperava algo ocorrer. Algo que me tirasse do lugar comum. Algo que me transportasse pra uma nova geografia. Algo que pudesse me dá asas pra voar bem alto. Algo que pudesse diminuir, ou mesmo, acabar com meus conflitos. Algo que dissesse: "agora você pode realizar seus sonhos, desejos, afetos..." Eu queria que o gênio da lâpada de Aladin me aparecesse, mas ele não veio. Talvez eu não tenha não tenha esfregado a lâmpada o suficiente pra ele vim.

2 comentários:

  1. Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Tênis e Sapato, I hope you enjoy. The address is http://tenis-e-sapato.blogspot.com. A hug.

    ResponderExcluir
  2. passei pra fazer uma visita... te favoritei no meu blog... rsrs

    xero

    ResponderExcluir

Você poderá gostar também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...