domingo, 30 de dezembro de 2007

Não bebo cerveja


Nesse domingo eu fui ao sítio de uma família que muito estimo.
Nossa relação começou há 4 anos, quando um grupo da minha classe decidiu ir pro sítio de Heriberto. De lá pra cá fui várias vezes.
Desta última, eu, Heriberto, suas duas irmãs e Aldero, um colega que sempre vai comigo, decidimos ir sair sem rumo pelas redondezas. Fomos parar numa vila de uma cidade vizinha. Já estava bem cansado (não deveria está porque eu tava sendo levado no bagajeiro da bicicleta) quando decidimos ir num bar perto do local onde paramos (em todo sítio tem um bar tocando músicas de forró).
Não gosto de cerveja. Acho o gosto ruim. As poucas vezes que tomei nunca fiquei satisfeito. Pois então, fomos ao bar com a intenção de beber algo. Como só tinha cerveja, não bebi. Mas ao lado, numa mesa, tinha um grupo bebendo, em que uma integrante desse grupo tava tomando danoninho. Quando vi meus olhos brilharam. Agora posso beber algo. Não quero cerveja, eu já disse que não gosto, eu disse a eles. Foi então que pedi pra perguntar ao dono do bar se tinha danoninho pra vender. Ele veio e achou que estávamos brincando com essa pergunta. Ficou meio sem graça, até.
Aí disseram que era pra mim. Ele me olhou. Depois saiu. Voltou com dois danoninhos pra mim. Tomei rapidinho.
Quando fomos embora começamos a rir. Rimos à beça. Oxe, que coisa!: ir ao um bar pra beber danoninho? Rsrsrsrsrsrs. Fazer o quê? Não bebo cerveja!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá gostar também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...