terça-feira, 27 de novembro de 2007

A Venezuela tem sido alvo de uma campanha sórdida perpetrada pela grande mídia. É lamentável. As idéias imperialistas, dominadoras, dos Estados Unidos, encontram bastante eco na imprensa nacional. Hugo Chávez, presidente democraticamento reeleito com um grande número de votos, numa eleição que teve observadores internacionais que não encontraram nada de errado nela, é sempre acusado de ser ditador. Acho que a compreensão do que seja uma ditadura não é clara pra esses jornalistas e para deputados do DEM, do PSDB e PPS. O DEM tem uma posição bem interessante. Foi o sustentáculo da ditadura militar, a ARENA. Mudou pra PDS. Mudou de novo pra PFL. E novamente muda agora pra DEM. Eles acusam Chávez de ser ditador, kkkkkkkkkk. Como são hipócritas! Toda a imprensa, a grande imprensa, a imprensa que defendeu a ditadura militar como as Organizações Globo, estão criticando o plebiscito que o povo venezuelano está preste a votar. Ora, como é que uma ditadura faz plebiscito, faz uma consulta popular? Aliás, esse não é o primeiro do governo chavista. O que fica patente é que todos os que criticam Chávez são pessoas ligadas à direita, sempre estiveram na elite, e tem, portanto, que fazer de tudo (como fazem) pra manter o status quo. O povo venezuelano é soberano, livre, está feliz com o governo atual, e tem o direito de ter o governo que achar ser melhor pra sua terra. Nós, em absoluto, temos o direito de intromissão nos destinos de outros países, do contrário, corremos o risco de sermos iguais aos EUA que tanto criticamos. Abaixo está um documento (que recebi por e-mail) de apoio ao povo venezuelano e que esclarece muita coisa melhor, sem dúvida, do que eu.

SOLIDARIEDADE AO POVO VENEZUELANO



A autodeterminação dos povos e o respeito à soberania nacional inspiram as organizações brasileiras abaixo assinadas a se solidarizarem com o plebiscito em curso na Venezuela, convocado com legitimidade pelas autoridades e instituições democraticamente constituídas pelo voto popular, a partir de um amplo processo de debate em todo o país, desde os bairros populares ao poder legislativo.



Repudiamos a notória campanha de propaganda articulada internacionalmente pelo grande capital contra a Venezuela, baseada na mentira e na manipulação, com o objetivo de desestabilizar seu governo e o processo de mudanças progressistas majoritariamente respaldado pelo seu povo. Esta torpe campanha coloca em relevo a necessidade de aprofundarmos a luta pela democratização dos meios de comunicação.



A classe dominante brasileira, através de seus partidos e da maioria dos órgãos de informação, que só veiculam o pensamento único neoliberal, participa ativamente desta campanha golpista contra o processo revolucionário venezuelano, pois sabe que, no plebiscito do próximo dia 2 de dezembro, trava-se importante batalha, em âmbito mundial, e em particular na América Latina, na luta contra o imperialismo e por um mundo igualitário, sem miséria nem exploração.



A vitória do SIM naquela legítima consulta popular assusta a todos aqueles que querem manter intactos os seus privilégios, à custa da miséria da maioria da população mundial.



Assim sendo, conclamamos o povo, o governo e as instituições brasileiras a se manifestarem pelo respeito à vontade majoritária dos nossos irmãos venezuelanos e à sua determinação de contribuir para a integração soberana da América Latina.



Rio de Janeiro, 22 de novembro de 2007



PCB - Partido Comunista Brasileiro

PCdoB – Partido Comunista do Brasil

PCR – Partido Comunista Revolucionário

PDT – Partido Democrático Trabalhista

PH – Partido Humanista

PSB – Partido Socialista Brasileiro

PSOL – Partido Socialismo e Liberdade

PT – Partido dos Trabalhadores

Casa da América Latina

Centro Cultural Antonio Carlos de Carvalho

Comitê de Solidariedade à Luta do Povo Palestino

Círculos Bolivarianos Leonel Brizola

Corrente Comunista Luiz Carlos Prestes

Federação das Associações de Moradores do RJ

Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá gostar também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...